Chateau Gruaud Larose

Sarget de Gruaud Larose

2016

Valor

R$996,00

15 em estoque

-
+

Descrição

O Sarget de Gruaud Larose é o segundo vinho do Chateau Gruaud Larose, um 2nd Grand Cru Classé da classificação de 1855 e sua vinificação é específica e meticulosa.

A triagem dupla e pesagem da colheita é feita logo na recepção das uvas na adega e a seleção das parcelas ocorre nos tanques específicos de cada variedade de uva, terroir e idade da vinha, demostrando cuidados para um vinho sério.
As uvas são encaminhadas para tanques termorregulados entre 24 ° C e 26 ° C, 50% de madeira e 50% de cimento, onde ocorre a fermentação. A maceração ocorre por um período de 20 a 30 dias e o vinho é transferido imediatamente para as barricas onde ocorrerá a fermentação malolatica.
O vinho é então amadurecido por 14 meses em barricas de carvalho francês (15% novas o restante em barricas de 1 ou 2 anos de uso) já com o blend final para a grandiosa safra de 2016 que foi composta de 51% Cabernet Sauvignon, 31% Merlot, 6% Cabernet Franc e 4% Petit Verdot.

É um vinho cheio de personalidade. Apesar de potente apresenta uma incrível elegância o que o torna par perfeito para acompanhar pratos de carnes de caça e cordeiros.

Produtor:

Gruaud Larose sempre procurou valorizar o papel do ser humano na concepção dos vinhos, tanto no trabalho como na relação que estabelece com seus vinhedos. A vinha e as uvas não são nada sem os fabricantes de vinhos, o homem.

Desde sua criação, em 1725, quatro famílias tiveram sucesso à frente do Gruaud-Larose: as famílias Gruaud e Larose, as famílias Balguerie e Sarget, a família Cordier e a familiar Merlaut.
Este apego familiar também é transmitida entre os funcionários, onde muitas vezes os filhos seguem o caminho de seus pais no trabalho na vinícola.

A Gruaud Larose possui 82 hectares de vinhedos plantados em alta densidade (de 8500 a 10 mil plantas por hectare), com as variedades Cabernet Sauvignon 61%, Merlot 29%, Cabernet Franc 7% e Petit Verdot 3% e foi uma das primeiras a utilizar métodos orgânicos na produção de suas uvas com o objetivo de enfatizar o terroir daquela região.

O solo é composto de húmus, argila, areia e cascalhos. O subsolo é de barro vermelho, amarelo ou azul, em seguida, areia e mais pedras vindas dos Pirinéus.
Os cascalhos impedem a terra de ser uma massa compacta, asfixiante. Toda a idade do gelo está incorporada nestas paisagens minerais.

Outras Informações